Contemporâneos

Thumb_monoteismos-e-dualismos-as-religioes-da-salvacao

Monoteísmos e dualismos: as religiões da salvação

Giovanni Filoramo

Cristianismo, judaísmo e islamismo foram, como se dizia na Espanha moçárabe, as três religiões do Livro. Além da escritura, têm em comum o fato de proclamarem a palavra de um único Deus. Essas grandes religiões estão dentro de uma tradição monoteísta mais ampla, que remonta ao zoroastrismo persa do século VII a.C. E a despeito de por vezes se odiarem, recolocam, cada uma a seu modo, questões partilhadas por todas elas, tais como a salvação, a necessidade da lei, a existência de um fundador e a oposição sistemática às religiões taxadas por elas mesmas de politeístas. E por não serem originais, ms históricas, sofrem desdobramentos, rupturas, reformas e reações às vezes fundamentalistas que procuram garantir a verdade depositada no Livro sagrado.

Thumb_combo-colecao-bienal

COMBO | Coleção Bienal

 As leituras e referências teóricas que embasaram o pensamento curatorial da 30ª Bienal de São Paulo — A iminência das poéticas (2012) estão compiladas nesta coleção de seis livros de pequeno formato com textos fundamentais para a curadoria e até agora inéditos em língua portuguesa. O COMBO | Coleção Bienal se resume aos seis livros acompanhados de cinco mini-pôsteres estilizados 15 X 9,5 cm, baseados nas capas da coleção.

Thumb_visao-de-psicanalise

Visão de psicanálise

Renato Bulcão

Renato Bulcão encontrou no formato do diálogo – aqui um tanto socráticos – uma forma de fugir dos manuais teóricos: Jacob Pinheiro Goldberg é, neste livro de rápida leitura, colocado em cena para comentar sua atuação e concepção original da psicanálise.

Thumb_a-vida-de-mat

A vida de Mat

Mino Carta

A vida de Mat, quarto romance do jornalista Mino Carta, é sobretudo um livro de memórias. E como em suas obras anteriores (O castelo de Âmbar, 2000; A sombra do silêncio, 2003; O Brasil, 2013), a ficção aqui não deixa de lançar mão de um fundo autobiográfico. Mat — cujo cujo nome deriva de matto, em italiano, louco — vive na Itália, mas percebe que em algum momento de sua existência fora surpreendido por uma mudança súbita.

Thumb_minidicionario-livre-da-lingua-portuguesa

Minidicionário livre da língua portuguesa

Waldemar F. Neto

Com 35 mil verbetes, o dicionário conta ainda com divisão silábica, indicação de pronúncia e grafia dos plurais irregulares, além da maioria dos nomes de grupos e línguas indígenas do Brasil, geralmente não dicionarizados.

Thumb_acao-e-percepcao-nos-processos-educacionais-do-corpo-em-formacao

Ação e percepção nos processos educacionais do corpo em formação

Cecília Noriko Ito Saito

A preparação da criança e do jovem para a vida tem sido, em todos os tempos e em todos os povos, uma preocupação maior. Reconhece-se, em todos os contextos, estratégias para que as novas gerações sejam preparadas para conviver com seus pares, que é a essência da cidadania, e para que sejam estimuladas ao novo, à criatividade, pautada por especificidades do eu, o que é essencial para o progresso coletivo.

Thumb_dicionario-livre-do-santome-portugues

Dicionário livre do santome-português

Com mais de 8500 verbetes, é a mais completa obra de referência da principal língua da República de São Tomé e Príncipe. Produzido a partir de fontes orais e escritas, cada verbete em santome traz a transcrição fonética e a equivalência em português, incluindo nomes científicos de plantas e animais.

O leitor encontrará também uma lista de palavras correspondentes em português. A obra é ideal para falantes nativos e interessados nas línguas crioulas de base portuguesa.

Thumb_memorias-de-um-menino-judeu-do-bom-retiro

Memórias de um menino judeu do Bom Retiro

Victor Nussenzweig

Em Memórias de um menino judeu do Bom Retiro, Victor Nussenzweig reconstitui sua infância vivida nos anos 1930 em São Paulo. Filho de judeus poloneses, o menino cresce e experimenta o mundo nos arredores do bairro do Bom Retiro, tradicional local de residência de comunidades judaicas. Entre o cotidiano da família e suas tradições judaicas e a convivência com a vida paulistana e os meninos e meninas de sua idade, além da presença dos dois irmãos, Victor relembra com muito humor e doçura o cenário da vida do menino.

Thumb_baleiazzzul

Baleiazzzul

Sergio Zlotnic

Baleiazzzul é brincadeira com a palavra e com as suas sonoridades. É brincadeira, também, com os muitos tempos que se cruzam em um livro: o tempo do escritor, o tempo das personagens e, ainda, o tempo da história que acontece dentro da história. É um labirinto que nos leva a atravessar séculos, de um lado para o outro, por conta do gosto de ouvir e de contar histórias, de fazer das palavras uma diversão.